Terça-feira, 26 de setembro de 2017
Últimas Notícias

Ministério Público investiga denúncias de assédio moral no Santander


13/04/2017
Bancários na Frente, edição 30

A pedido do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, a seção bauruense do Ministério Público do Trabalho está investigando o Santander desde novembro, para apurar possíveis ocorrências de assédio moral e, também, possíveis ocorrências de transporte de valores por gerentes.

Em setembro do ano passado, o TRT-15 julgou o caso de um ex-gerente do Santander que era obrigado a transportar valores (arriscando a vida) e que, além disso, era submetido a uma rotina de humilhação nas reuniões diárias com seus superiores hierárquicos. A história do bancário parece ter sensibilizado o tribunal, que, então, solicitou a investigação.

Danos morais

No caso específico desse ex-gerente, o TRT-15 confirmou a sentença de primeira instância e condenou o banco a pagar duas indenizações por danos morais, ambas no valor de R$ 20 mil: uma por ter feito o empregado transportar valores (expondo-o indevidamente a riscos) e outra pela rotina de assédio.

Além das indenizações, o banco foi condenado a pagar as 7ª e 8ª horas de cinco anos e, ainda, um adicional por acúmulo de função.

Assédio

O MPT investiga se ainda hoje há casos como esse e outros, que ocorreram poucos anos atrás. Testemunhas contam que, nas conference calls diárias com gerentes de atendimento da regional Bauru (realizadas antes da jornada), sofriam humilhações e ameaças quando não cumpriam metas, ou até quando cumpriam, pois aí eram exigidos a cumprir 150% dela! Tudo era explícito nessas reuniões: os números de cada um, os xingamentos, as cobranças...



Sindicato ajuda

No mês passado, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região foi chamado a auxiliar o MPT, fornecendo a relação dos gerentes de atendimento e gerentes gerais demitidos pelo Santander nos últimos 24 meses (ao todo, o banco demitiu 12 deles).

O Sindicato espera que, com essa investigação, o MPT contribua para o fim do assédio moral, das metas abusivas e dos desvios de função no Santander.

Respeito, já!


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br