Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
HSBC

No 1º tri, Itaú lucrou R$ 5,2 bilhões e HSBC teve prejuízo de R$ 315 milhões


12/05/2016
Bancários na Frente

Além de Santander e Bradesco, mais dois bancos invocaram a inadimplência para justificar os resultados "decepcionantes" do primeiro trimestre: no dia 3, tanto o Itaú quanto o grupo HSBC divulgaram queda nos lucros.

O Itaú teve lucro líquido recorrente de R$ 5,235 bilhões no primeiro trimestre do ano, número 9,9% menor do que o obtido no mesmo período de 2015. A queda foi atribuída, principalmente, ao crescimento de 31,3% das despesas com provisão para devedores duvidosos (PDD) e redução de 21,8% nas receitas com recuperação de créditos desde março do ano passado.

O número de empregados também caiu. Em 12 meses, o Itaú cortou 2.902 postos de trabalho, sendo 610 deles no primeiro trimestre. O banco ainda fechou 154 agências convencionais, investindo na ampliação de unidades digitais, que eram 34 em março de 2015 e passaram a 108.


HSBC

Mundo afora, o HSBC teve lucro líquido de US$ 4,3 bilhões, 18,25% menor que o do primeiro trimestre de 2015. Pudera! As provisões para possíveis perdas cresceram 103,5%, saltando de US$ 570 milhões para US$ 1,16 bilhão.

No Brasil, o banco teve prejuízo ajustado de US$ 89 milhões, ou cerca de R$ 315 milhões. As perdas também aconteceram especialmente por causa da alta das provisões contra calote.


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br