Sábado, 21 de outubro de 2017
Caixa Econômica Federal

Ação pelo intervalo de 10 minutos para os caixas também já está na Justiça


05/07/2017
Bancários na Frente, edição 38

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, os caixas, que passam o dia todo digitando dados, devem ter os mesmos direitos dos digitadores.

Por isso, para preservar a saúde desses bancários e exigir o cumprimento de um direito legal, o Sindicato ajuizou uma ação coletiva que pleiteia um intervalo de 10 minutos a cada 50 minutos trabalhados.



Assim como na ação pela "quebra de caixa", já existe jurisprudência a favor dos bancários sobre esse tema. Inclusive, é comum encontrar nas agências da Caixa um quadro salientando seu compromisso com o intervalo.

Esse intervalo é regulamentado pela Norma Regulamentadora nº 17 (item 17.6.4, d). Por conta disso, a Caixa já assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) informando o Ministério Público do Trabalho que em suas unidades esse intervalo é respeitado. Porém, os bancários da Caixa sabem que isso não corresponde à realidade.

A verdade é que a falta de funcionários somada ao enorme volume de trabalho impede a realização do intervalo de 10 minutos. Mais contratações já!


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br