Sábado, 21 de outubro de 2017
Bradesco

Plenária esclarece pontos do PDV do Bradesco


22/08/2017
Jornal Bancários na Luta, edição 3

Sindicato dos Bancários de Bauru e Região realizou uma plenária no último dia 16 para esclarecer dúvidas dos acerca do Plano de Desligamento Voluntário (PDV) do Bradesco, anunciado em 13 de julho e com prazo de adesão que expira no dia 31 deste mês. A plenária foi conduzida por Sergio Ribeiro, advogado do Sindicato.


 
O PDV do Bradesco foi oferecido para os funcionários aposentados ou em condição de se aposentar até 31 de agosto. Já para o pessoal das áreas-meio, a única exigência é o tempo mínimo de 10 anos de trabalho na Organização Bradesco.

As principais dúvidas dos bancários giraram em torno das vantagens e desvantagens da adesão, com questionamentos específicos sobre plano de saúde e reforma da Previdência.

Ficou claro também que os bancários temem não aderir ao PDV e depois serem varridos por uma provável nova onda de demissões. Não custa lembrar que o Bradesco fechou 5.084 postos de trabalho em 2016 e mais 3.650 postos só no primeiro semestre deste ano.

Além do pagamento de todas as verbas rescisórias, inclusive a multa de 40% do FGTS e o aviso prévio, o Bradesco oferece como incentivo: 1) o pagamento equivalente a 60% da remuneração fixa de junho para cada ano trabalhado, limitado a doze salários; 2) o pagamento equivalente a seis meses de vale alimentação, no cartão alimentação; e 3) a manutenção do plano de saúde e odontológico por dezoito meses, a partir da data do desligamento.

Sindicato reafirma que aderir ou não ao PDV é uma decisão individual, e que está à disposição para quaisquer eventuais dúvidas.


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br