Quinta-feira, 14 de dezembro de 2017
Bradesco

Em 6 meses, Bradesco lucra R$ 9,3 bilhões e Itaú, R$ 12 bilhões


10/08/20174
Bancários na Luta, edição 02

O Bradesco anunciou, no dia 27, um lucro líquido de R$ 9,352 bilhões no primeiro semestre. O número é 13% maior que o do mesmo período de 2016.

As despesas com provisão para devedores duvidosos (PDD) somaram R$ 9,832 bilhões, tendo diminuído 6,1% na comparação com as despesas do primeiro semestre do ano passado. O índice de inadimplência cresceu 0,3 p.p. em um ano, mas caiu 0,7 p.p. na comparação entre o primeiro e o segundo trimestres de 2017. Ao fim de junho, ele era de 4,9%.

Apesar do crescimento do lucro, o banco reduziu ainda mais seu quadro de funcionários: depois de ter fechado 5.084 postos de trabalho em 2016, o Bradesco já eliminou outros 3.650 empregos somente nos primeiros seis meses deste ano! E continua eliminando, com o PDV que lançou em julho e que acaba no fim de agosto [leia mais na página 3].

Itaú

No dia 31, o Itaú divulgou lucro líquido semestral de nada menos que R$ 12,066 bilhões! É 12,74% maior que o lucro do mesmo período do ano passado.

As despesas de PDD foram 27% menores no primeiro semestre deste ano, totalizando R$ 10,34 bilhões, já que o índice de inadimplência caiu 0,4 p.p. em 12 meses. Ao fim de junho, esse índice era de 3,2%.

O Itaú fechou 184 em doze meses, tendo aberto, no mesmo período, 39 agências digitais. Também em doze meses, o banco fechou 1.395 postos de trabalho. No entanto, levando em consideração apenas o primeiro semestre de 2017, o Itaú abriu 286 postos de trabalho.


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br