Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Outros

PF apura fraude na compra do PanAmericano pela CEF

Ministério Público diz em documento que Operação Conclave investiga "a aquisição criminosa de um banco falido por um banco público"

Bancários na Frente 032
04/05/2017

No último dia 19, a Polícia Federal deflagrou a "Operação Conclave" para investigar se houve fraude na aquisição de ações do Banco PanAmericano pela Caixa Econômica Federal, em 2009. De acordo com a PF, a transação pode ter causado ?expressivos prejuízos ao erário federal?. O inquérito investiga se houve gestão fraudulenta e prejuízo a correntistas e clientes.

Ao todo, foram cumpridos 46 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 10aVara Federal de Brasília. Houve buscas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Londrina e Brasília, na sede da CEF e no Banco Central (BC).

De acordo com a PF, foram identificados três núcleos criminosos: o de agentes públicos ("responsáveis diretos pela assinatura dos pareceres, contratos e demais documentos que culminaram com a compra e venda de ações do Banco PanAmericano pela Caixa e com a posterior compra e venda de ações significativas do Banco Panamericano pelo Banco BTG Pactual S/A"); o de consultorias ("contratadas para emitir pareceres a legitimar os negócios realizados"); e o de empresários ("conhecedores das situações de suas empresas e da necessidade de dar aparência de legitimidade aos negócios").


Relembre o caso

Em 2009, a CEF adquiriu 35% do capital do PanAmericano dando um sinal de R$ 517 milhões e mais R$ 222 milhões no início de 2010, depois que o negócio foi aprovado pelo BC. Meses depois, o mesmo BC descobriu uma série de fraudes contábeis que inflavam os resultados do PanAmericano, e que, na verdade, tratava-se de uma instituição falida. No fim de 2010, o PanAmericano recebeu um socorro do governo de R$ 2,5 bilhões.


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br