Sábado, 21 de outubro de 2017
Outros

DIA 30 OS BANCÁRIOS VÃO PARAR!


Na Trincheira 267
20/08/2013

Em junho, o povo mostrou nas ruas que quando está unido e mobilizado consegue seus objetivos. No dia 11 de julho, diversas categorias paralisaram suas atividades simultaneamente. As principais montadoras pararam; a maior refinaria do país, em Paulínia, também parou; houve greve geral em Porto Alegre, Belo Horizonte e Vitória; bancários pararam no Rio Grande do Norte, Pará, Salvador, Porto Alegre e Vitória.

Foi a maior paralisação geral desde a década de 80, marcando a entrada, de forma organizada, dos trabalhadores nas lutas iniciadas em junho. A greve continua sendo uma das principais armas da classe trabalhadora na luta por suas revindicações. Somente acarretando prejuízo aos patrões é possível fazê-los ouvir nossas vozes.

A nova situação do país permite que os trabalhadores, nas campanhas salariais, obtenham conquistas superiores às dos últimos anos, tanto em suas pautas específicas como em reivindicações gerais que signifiquem vitórias importantes para toda a classe trabalhadora brasileira. No segundo semestre, além dos bancários, temos a data base de importantes categorias: metalúrgicos, petroleiros e do pessoal dos correios.

Portanto, a convocação de um dia nacional de paralisações para 30 de agosto, feita pelas centrais sindicais, torna a data estratégica como antecipação de nossa campanha salarial. As nossas pautas específicas devem juntar-se ao grito das ruas contra a falta de investimentos em saúde, educação e transporte e contra a utilização de metade do orçamento público para o pagamento de juros da dívida. Devemos parar nossas atividades também pela redução da jornada de trabalho, por melhorias salariais e aposentadorias dignas, dentre tantas outras reivindicações.

Para que possamos garantir que essa campanha salarial seja diferente e não siga o "script" articulado entre os cutistas da Contraf e os banqueiros, precisamos centrar nossos esforços para que o dia 30, véspera da nossa data base, seja um grande dia de paralisação da categoria. No dia 30, vamos dar o recado de nossa disposição para a luta!


CALENDÁRIO DE LUTAS

- Dos dias 12 a 29 de agosto
Reuniões internas por local de trabalho

- Dia 22
Passeata dos bancários

- Dia 29
Assembleia para organizar a paralisação do dia 30

- Dia 30
Paralisação nacional de 24 horas (trabalhadores de diversas categorias)


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br