Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Banco do Brasil

Equipe econômica de FHC afirma que BB está pronto para venda


29/09/2017
Bancários na Frente, edição 8

O vergonhoso cenário político atual está possibilitando o ressurgimento de antigos políticos que já tiveram seus projetos rejeitados pelo povo brasileiro. No dia 25, por exemplo, Pedro Malan e Gustavo Franco, que integraram a equipe econômica do governo de Fernando Henrique Cardoso (o primeiro como ministro da Fazenda e o segundo como presidente do Banco Central) palestraram no 8º Fórum  Liberdade e Democracia, um evento realizado por organizações liberais.



Na ocasião, Malan defendeu as privatizações e a reforma da Previdência, que, segundo ele, é "inevitável, imprescindível e inexorável".

Já Gustavo Franco ressaltou que o governo não tem de possuir dois bancos comerciais e foi enfático afirmando que "o Banco do Brasil está pronto para ser privatizado". Não satisfeito, continuou: "Fora isso, há o setor elétrico, Correios, concessões... Um mundo de ativos para serem vendidos e concedidos."

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, a posição de Malan e de Franco não surpreende, afinal, o governo do qual eles fizeram parte vendeu 125 estatais, arrecadando 105,5 bilhões de dólares. O problema é que, como se não bastasse vender patrimônios públicos a preços muitas vezes inferiores ao que valiam de fato, boa parte das privatizações foi financiada pelo próprio governo.

Basta! Nada de PRIVATIZAÇÕES!


Sindicato dos Bancários e Financiários de Bauru e Região
Rua Marcondes Salgado, 4-44, Centro - CEP 17010-040 - Bauru/SP
Fone (14) 3102-7270 Fax (14) 3102-7272 - contato@seebbauru.com.br